Cartas a um jovem democrata

jnr.jpgO Jorge Nascimento Rodrigues deu-me a honra de ser um dos seus companheiros de estrada desde os meus tempos em que dei ao dedo como jornalista no Expresso.

Nessa altura, bem mais imberbe do que sou hoje, o JNR sempre me espicaçou a mente, tendo a virtude de me destruir os preconceitos e de me ensinar a saber desconfiar do pensamento fácil e de via única.

Foi então que há uns tempos lhe pedi, na sequência da leitura do «Portugal, o Pioneiro da Globalização» – obra que dedica em primeiro lugar aos jovens e às novas gerações -, se ele não arranjava um tempinho e partilhava um pouco das suas perspectivas políticas às gerações que vêm.

E assim nasceu a série «Cartas a um Jovem Democrata», que se segue em posts seguintes.

Anúncios